sábado, 16 de novembro de 2013

A DOUTRINA DO DÍZIMO E A SUA IMPORTÂNCIA PARA O POVO DE DEUS!


Atualmente muitos cristãos não compreendem o porque dizimar e ainda questionam a validade deste ensinamento para os dias hodiernos, contudo o que agem assim, demonstram total falta de conhecimento bíblco, até porque haja vista ser o dizimo totalmente bíblico. A palavra dízimo já estabelece uma quantidade, dez, décimo, o todo dividido por dez. No livro de Malaquias 3.10 está escrito que o cristão deve trazer o dízimo, isto é, 10% de sua renda. Uma quantidade maior, seria uma bênção, porém, menor, poderá caracterizar desobediência ao que Deus determinou como ensinamento "Honra ao Senhor..." Podemos ver em Provérbios 3.9, que o dízimo é uma forma de honrar ao Senhor e devemos aprender a honrá-lo com nossas atitudes e não apenas com palavra. O irmão que realmente entende o ensino da Palavra de Deus, sente prazer em trazer a importância certa para a casa do tesouro, pois sabe que está contribuindo com uma causa muito nobre, a obra de Deus! O mandamento do dízimo vem de Deus. Ele mesmo o estabeleceu e falou ao povo que, em parte esquecido e em parte ganancioso, estava deixando a casa de Deus sem provimento. Alguns até roubavam para gastar nos seus próprios negócios. Muitos crentes não se incomodam com a calçada do templo rachada, com as paredes manchadas, a luz deficiente e as contas vencidas. Jesus validou a instituição do dízimo: "Deveis fazer estas coisas", Mt 23.23. Jesus não disse que os fariseus estavam errados em dar o dízimo. Ele os recriminou por negligenciarem a outra parte da justiça. O escritor aos Hebreus registrou que a igreja pagava dízimo, tanto quanto os sacerdotes: Hb 7.5,8. Portanto, o dízimo não pode ser uma importância arbitrária e ocasional, mas uma contribuição correta e sistemática para a casa de Deus. Pagar o dízimo é uma forma de alcançar maior prosperidade e um privilégio que o SENHOR concedeu a mim e a você para contribuirmos com a sua obra e por conseguinte com a sua casa!

Pr. Orlando Martins 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O CRISTIANISMO DA IGREJA PRIMITIVA E A ANÁLISE EXEGÉTICA DE ATOS 2:42

Por Orlando Martins  A comunidade nascente no dia de Pentecostes é um modelo de Igreja que vivia dentro da unidade do Espírito : Esta ...