terça-feira, 23 de outubro de 2012

COMO VOCÊ PODE DESCOBRIR OS SEUS DONS ESPIRITUAIS?


(Matéria baseada no livro, O Poder de Deus de minha autoria. Para adquirir essa obra, basta entrar em contato comigo por email ou telefone. Para descobrir os seus dons, adquira esse livro!)
(48) 41051665; 78122436

pr.orlandomartins@gmail.com


Atualmente  a Igreja atravessa os seus últimos dias na terra, e é de suma importância que o corpo de Cristo venha a experimentar a realidade dos dons espirituais nos dias atuais. O apóstolo Pedro nos orienta a servir uns aos outros com os nossos dons, conforme a multiforme graça de Deus ( I Pe 4:10,11). Conquanto, devemos manter o pleno interesse por este tema que é de suma importância para o desenvolvimento da Igreja como corpo de Cristo na Terra (Rm 12:1-4). No original grego, a palavra Dom é “Charisma”, que significa presente, manifestações do Espírito, que nos são oferecidos mediante a graça divina por parte de Deus como sendo o doador dos Dons. De acordo com o pastor Russel N.Champlim em sua enciclopédia. “Charisma indica os dons do Espírito, as suas graças, gratuitamente conferidas para a obra do ministério. Além disso, enfoca também o dom da graça, que nos traz a salvação’’. Empreender uma busca sincera para ser cheio do Espírito Santo e receber os dons do alto é uma atitude correta; o apóstolo Paulo nos orienta desta forma:” Enchei-vos do Espírito “(Ef 5.18)”.

NÃO EXISTEM APENAS, 3 OU 9 DONS, EXISTEM DIVERSOS
E TODOS SÃO NECESSÁRIOS!
 
              Na Bíblia, existem muitos dons, neste estudo listei um total de 26 dons divididos em três classes: Os dons do Pai (Rm 12.6-8), os dons do Filho (Ef 4:11), os dons do Espírito (I Co 12:8-10) e outros  dons que são encontrados na palavra. A verdadeira espiritualidade se manifesta através da piedade e da disciplina que são marcas de uma vida que produz o  fruto do espírito que se manifesta no amor.
 
                             Divisão dos Dons Bíblicos
 -Dons do Espírito Santo (I Co 12.8-11)
Palavra da sabedoria
Palavra do conhecimento
Dom da fé
Dons de curar
Sinais e maravilhas
Profecia
Discernimento de espíritos
Variedade de línguas
Interpretação de línguas
Dons do pai ou de serviço vocacional ( Rm 12.6-8)
Profecia (Mensageiro)
Ministério
Ensino
Exortação -
Repartir
Presidir
Compaixão-
 Dons ministeriais ou concedidos por Jesus (Ef 4:11)
Apóstolos
Profetas
Evangelistas
Pastores
Mestres
 Outros dons Bíblicos
Intercessão
Celibato
Música
Ajuda (Socorros)
Hospitalidade

 
 OS DONS TEM QUE SER DESCOBERTOS E DESENVOLVIDOS
Uma das fraquezas dos membros da Igreja de Cristo é não reconhecer, desenvolver e usar os dons espírituais que o Senhor distrubuiu a todo os membros do corpo de Cristo.

PROPÓSITO DOS DONS: Conceder capacidades espirituais a fim de edificar a Igreja, por meio da instrumentação dos crentes e para ganhar novos convertidos

1- A Igreja e o local de edificação e crescimento espiritual do crente (Ef 4:12; 14-15)

2 – A Igreja é o lugar onde cada crente, como sacerdote de Deus tem a sua função como acontece no corpo humano (I PE 2:9; AP 1:6; I Co 12:12-27)

3 – Os Dons são oferecidos a Igreja

O MAU USO DOS DONS

- Os Dons não devem governar a Igreja.
- O mau uso do dom de profecia
- Excesso no uso dos dons o que gera o emocionalismo
- Valorizar mais os dons, do que a palavra
- Mau uso dos dons de sinais e maravilhas, com exageros na area de batalha espiritual
* Diabolização (Tudo é demônio!)
* Quebra de maldiçao hereditária
- Espíritualização excessiva
 
 QUATRO COISAS QUE OS DONS NÃO SÃO

1o.) Os dons espirituais não são talentos naturais.

Todo ser humano, em virtude de haver sido criado à imagem de Deus, possui certos talentos naturais. Talentos são características que dão a cada ser humano uma personalidade sem igual. Os dons espirituais não devem ser considerados como talentos naturais consagrados a Deus. Pode haver uma certa ligação discernível entre as duas coisas,pois, em alguns casos (não em todos, é claro) Deus toma um talento natural em um incrédulo, e transforma isso em um dom espiritual, quando tal pessoa passa a fazer parte do Corpo de Cristo.

2o.) Não confunda os dons espirituais com o fruto do Espírito.

O fruto do Espírito, em seus vários aspectos, é descrito em Gálatas 5:22 e 23: amor, alegria, paz, longanimidade, bondade, benignidade, fé, mansidão e domínio próprio. Este fruto é a conseqüência normal e esperada do crescimento, da maturidade, da semelhança com Cristo e da plenitude do Espírito Santo na vida de todos os crentes. Os dons espirituais sem o fruto do Espírito são como um pneu de automóvel sem ar.

3o.) Não confunda os dons espirituais com os papéis dos crentes.

Quando examinamos a lista dos dons espirituais torna-se patente que muitos deles descrevem atividades que são esperadas de cada crente. Talvez o mais óbvio de todos os dons espirituais seja também um dever do crente – a Fé. Por igual modo, alguns têm o dom do ministério ou do serviço, mas todos os crentes devem servir uns aos outros (Gl 5:13).

4o.) Não confunda os dons espirituais com dons simulados.
Leia Mt 24:24 e observe o alerta que Jesus nos faz. Jesus também falou sobre aqueles que profetizariam e expeliriam demônios em Seu nome, mas que na realidade seriam praticantes de iniqüidades (Mt 7:22 e 23). No Egito, quando da ação de Moisés em prol da libertação do povo israelita, os mágicos de Faraó puderam imitar um bom número das obras prodigiosas que Deus realizou por intermédio de Moisés (confira em Ex 7 e 8).

I CO 12:12 - ALCANCE DOS DONS ESPIRITUAIS

- Cada crente salvo tem pelo menos um dom ( I Pe 4:10)
- Cada crente deve ser fiel no uso do mesmo
- Nenhum crente possui todos os dons

DONS E CHAMADO

Muitos cristãos ficam angustiados porque não sabem para que Deus os chamou, e há outros que chegam a pensar que Deus tem prazer especial em nos chamar para realizar tarefas que não combinam com os nossos dons. Deus não chama ninguém para realizar uma tarefa para a qual ele não o capacitou. Por outro lado, se você descobrir quais são os seus dons estará muito próximo de saber também para que atividade Deus o chamou.

QUE COMBINAÇÃO DE DONS VOCÊ TEM?

Ninguém tem o direito de se vangloriar dos seus dons, pois cada pessoa no Corpo depende também dos dons dos outros (Rm 12:3, I Co 12:21-23). Cada cristão tem uma combinação diferente de dons.

COMO DESCOBRIR OS SEUS DONS OU O SEU DOM ESPIRITUAL?

Todo crente salvo possui dons espirituais, como também toda igreja local. Muitos desses talentos, porém continuam enterrados, como aquele talento não usado do capítulo 25 de Mateus; mas estes dons podem ser desenterrados e usados para a glória de Deus, visando ao desenvolvimento da igreja local.

Condições prévias fundamentais para a descoberta dos dons:

1. O primeiro passo é ser realmente convertido

2. O Segundo passo é orar no sentido de conhecer a vontade de Deus.

3. O Terceiro passo é ter uma vida de intimidade com Deus mediante o fruto do Espírito.

4. O Quarto passo é procurar ter um conhecimento amplo tanto sobre Dons como de Teologia Sistemática.

5: O Quinto passo é esperar confirmação por parte do Corpo de Cristo.

6. O Sexto passo é ter alegria. No exercício do dom, existe prazer!


Pr. Orlando Eduardo Capellão Martins
Vice-presidente da ADBR em Floripa "Ministério Mais de Cristo",
jornalísta, professor de Teologia e palestrante.








2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. A paz do Senhor Pr. Orlando,
    Este estudo é uma bençao, quero muito descobrir qual o meu dom porque sinto que preciso fazer algo mais na igreja para ajudar as pessoas, no meu pais as pessoas sofrem tanto, há tanta enfermidade que dá dor no coração.

    Mas não tinha noção que o crente já recebe o dom após o batismo. Vou me esforçar para descobrir os meus.

    Siska

    ResponderExcluir

O CRISTIANISMO DA IGREJA PRIMITIVA E A ANÁLISE EXEGÉTICA DE ATOS 2:42

Por Orlando Martins  A comunidade nascente no dia de Pentecostes é um modelo de Igreja que vivia dentro da unidade do Espírito : Esta ...