quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

SÉRIE VERDADES PENTECOSTAIS - OS DONS DE CURAR


Os Dons de curar é a capacidade especial concedida a alguns membros do corpo de Cristo para que estes sejam usados em diversas facetas da cura divina, o que engloba diferentes tipos de enfermidades; podendo ser definidos como a atuação sobrenatural de Deus sobre o corpo humano, dissolvendo suas enfermidades e tirando assim suas dores para curá-lo. Analisando historicamente o contexto de cura divina à luz da Bíblia, pode-se claramente observar que houve três grandes períodos de efusão de milagres: 

1) – Durante o ministério de Moisés, no êxodo;
2) - Nos ministérios de Elias e Eliseu;
3) - No ministério de Jesus e dos apóstolos.

No Antigo Testamento, claramente, podemos observar que a cura divina manifestava-se nas promessas (Dt 7:15).
Já no Novo Testamento : No ministério de Jesus, encontramos relatadas precisamente 35 curas, sendo que algumas delas encontram-se registradas nas seguintes passagens: (Mt 8.2-4, 14-17, 5-13, 9.1-8,20-22,27-31,20: 29-34). Encontramos facetas deste precioso dom na missão dos doze discípulos (Lc 9:1); dos Setenta (Lc 10:9), na Grande Comissão (Mc 16:15, 16) e no período da igreja apostólica onde as curas acompanhavam a pregação do evangelho, como no caso da cura do coxo (At 3:18) e de Enéias (AT 9:33, 34). Entretanto, a Bíblia desafia a todos os cristãos a orarem pelos enfermos (Mc 16.18) e usar a fé fé, pois sem fé é impossível agradar a Deus!
 
Pr.Orlando Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O CRISTIANISMO DA IGREJA PRIMITIVA E A ANÁLISE EXEGÉTICA DE ATOS 2:42

Por Orlando Martins  A comunidade nascente no dia de Pentecostes é um modelo de Igreja que vivia dentro da unidade do Espírito : Esta ...